Imprimir esta página

Academia de Polícia Integrada passa a gerenciar Centro de Qualidade de Vida

A partir de agora, servidores da Segurança Pública contam com auxílio para a melhoria da qualidade de vida

A qualidade de vida dos profissionais de segurança pública é uma das preocupações do Governo de Roraima, que está fortalecendo o CQV (Centro de Qualidade de Vida) e, a  partir deste mês de fevereiro, passa a ser gerenciado pela APICS (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago).

A decisão foi instituída por meio de portaria publicada no Diário Oficial do Estado, na sexta-feira, dia 8, pelo secretário de Segurança Pública, Márcio Amorim.

Para ele, há a necessidade do aprimoramento constante das atividades da Instituição e, ainda, de atualizar e regulamentar o funcionamento do Centro de Qualidade de Vida, objetivando melhor execução das atividades fim.

“É de nossa responsabilidade a integração dos órgãos de segurança pública, bem como a modernização das polícias e a valorização desses profissionais. Desta forma, regulamentamos, no âmbito da Sesp [Secretaria de Segurança Pública], o Centro de Qualidade de Vida para os profissionais da Segurança Pública e Sistema Penitenciário, que passa a ser administrado pela Academia de Polícia”, informou Amorim.

O enfrentamento de situações adversas, que envolvem violência, confronto e morte, implica em um maior nível de estresse na profissão policial. Para atender a esse público, segundo a diretora da Academia de Polícia Integrada, Giuliana Castro Lima, é necessário desenvolver ações colaborativas para modernizar as Polícias e valorizar os policiais, requalificando-os, levando-os à recuperação da confiança popular e reduzindo o risco de vida a que estão submetidos.

Algumas ações já estão sendo desenvolvidas no Centro de Qualidade de Vida para iniciar as atividades deste ano. Segundo Giuliana Castro os representantes das instituições que compõem o Centro de Qualidade de Vida serão indicados pelos titulares das Instituições mediante ofício destinado à Secretaria de Estado da Segurança Pública.

“Estamos fazendo um levantamento das ações que já estão em andamento no Centro de Qualidade de Vida e reformulando as atividades que serão desenvolvidas junto aos profissionais de segurança púbica. Nossa meta é melhorar a qualidade de vida desses profissionais, socializando melhores práticas a serem aplicadas nas instituições em que trabalham”, disse a diretora.

Última modificação em 13/02/2019

Share this article

Entre para postar comentários