Procon Boa Vista divulga lista negra de sites não-confiáveis na Black Friday

No próximo dia 24 vai acontecer o festival de preços baixos: a Black Friday ou a sexta-feira negra (em português). É um dos maiores eventos do comércio varejista e oportunidade para as compras de centenas de produtos e presentes para o Natal em promoção e com descontos que podem chegar até 80%.

O evento também abre as portas para fraudes. Os diversos produtos em promoção e preços baixos anunciados na internet podem esconder armadilhas. Por isso, para evitar que os consumidores caiam em ciladas na Black Friday, o Procon Boa Vista está divulgando a tradicional lista de sites não-confiáveis, que tiveram muitas reclamações de consumidores na internet ou que não foram localizados após serem acessados.

“A recomendação aos consumidores é sempre desconfiar de sites desconhecidos que oferecem preços muito vantajosos. Há fornecedores que aumentam o preço uma semana ou dias antes da Black Friday e colocam o preço como se fosse oferta, induzindo o consumidor ao erro. Outra dica é sempre acessar sites que tenham o cadeado, também chamado de chave de segurança. Por meio dele, o consumidor tem a garantia de sua confiabilidade e de que os dados inseridos estão protegidos”, disse a Secretária Executiva de Defesa e Proteção do Consumidor, Sabrina Tricot.

Assim como em lojas físicas, o Procon Boa Vista também orienta fazer pesquisas de preços antes de fechar as compras pela internet. Ao desconfiar de possíveis fraudes, o consumidor deve fazer um print ou foto pelo celular da tela do computador ou notebook do produto desejado e do valor de compra, além das informações do link, nome da empresa, data e hora em que a pesquisa foi feita.

Os Procons de todo o País recebem diversas reclamações nesse período de Black Friday, dentre elas, dificuldades de finalização da compra por conta da mudança de preço, cancelamento da compra por parte do fornecedor sem aviso prévio e a “maquiagem” de preço.

A dica é fazer as compras de fim de ano em sites nacionais, porque as regras do Código do Consumidor Brasileiro não se aplicam se o site não possuir representantes no Brasil.

É importante observar também se o site tem o nome do fornecedor e se os preços praticados estão em destaque e com fácil visualização na página de venda, especialmente se o revendedor for um terceiro.

Outra dica é verificar a reputação do fornecedor e ficar atento ao prazo de entrega do produto. O consumidor deve ter ainda o cuidado ao clicar em links e ofertas recebidas por e-mail ou redes sociais, porque podem esconder armadilhas oferecidas por bandidos cibernéticos - hackes - para clonar dados pessoais. Por isso, o Procon Boa Vista recomenda consultar sempre as páginas oficiais das lojas.

Confira a lista http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php de centenas de empresas virtuais que devem ser evitadas, endereços não-confiáveis que podem esconder armadilhas na internet ou que não foram localizados após acesso.

O Procon Boa Vista está localizado do Centro de Atendimento ao Cidadão João Firmino Neto (Antigo Terminal do Caimbé), Avenida dos Imigrantes, n.º 1612, 1 andar, sala 2, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 12h00 e das 14h00 as 18h00 ou pelos telefones 3625-3477, 3625-6201 Ramal 4 ou ainda pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Confira Lista de sites não-confiáveis que devem ser evitados.

Última modificação em 17/11/2017

Share this article

Entre para postar comentários

Quem somos

A FM 107,9 Mhz, Rádio Monte Roraima é uma emissora ao serviço da evangelização, cidadania e educação da sociedade roraimense. No ar desde 2002, a Monte Roraima conquista a cada dia a simpatia e a confiança do povo de Roraima.

Atendimento

Rua Floriano Peixoto 402 Centro
Boa Vista/RR - CEP 69.301-320
Telefone: (+55) 95 3624 4064
Email: fmmonteroraima@gmail.com