RESSOCIALIZAÇÃO: Reeducandos trabalham na revitalização de prédios públicos

Projeto Roma reduziu em 50% o valor orçado para a realização dos trabalhos, tanto de mão de obra, quanto para aquisição de material

Contribuir para a ressocialização de presos em regime semiaberto com bom comportamento, dando a eles a oportunidade de aprender um novo ofício. O projeto Roma, realizado pelo Governo do Estado por meio da Sejuc (Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania)  está ajudando a mudar a realidade de 20 reeducandos, que estão tendo sua rotina transformada.

Eles estão trocando os dias por trás dos muros das unidades prisionais pela realização do trabalho de revitalização de áreas e instalações do Estado, degradadas, sujas e/ou depredadas.

O primeiro trabalho de revitalização teve inicio no dia 16 de outubro, na Rodoviária Internacional José Amador de Oliveira Baton. Eles atuam promovendo melhorias em locais públicos, diminuindo o tempo desses serviços e os custos para o erário público, propostas do projeto.

A ação faz parte de um acordo de cooperação técnica firmado entre a Sejuc, a Vara de Execuções Penais do TJRR (Tribunal de Justiça e Roraima) o Ministério Público Estadual, Seinf (Secretaria Estadual de Infraestrutura) e Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima).

Conforme o secretário estadual de Justiça e Cidadania, Ronan Marinho, o projeto vai trazer vários benefícios para a sociedade. “Além da ressocialização, o preso pode exercitar e aprender uma profissão. E a sociedade recebe uma área totalmente recuperada com baixo custo”, disse Ronan.

Ronan explicou que esse é mais um dos vários projetos que estão sendo desenvolvidos dentro do sistema prisional, visando qualificar e reinserir o preso na sociedade.

“Hoje nós temos o coral, temos o Agroarte, que recicla pneus usados, temos o projeto de remissão por cada livro lido, entre outros que buscam levar dignidade para o cumprimento da pena”, ressaltou

De acordo com o presidente da Codesaima, Ronaldo Nobre, a parceria reduziu em 50%, o valor orçado para a realização dos trabalhos, tanto da mão de obra, quanto para aquisição de material, totalizando um custo de R$ 20 mil. “Ganhamos muito com o projeto, reduzimos os custos e o tempo de realização da obra beneficiando diretamente a população que precisa dos serviços na rodoviária”, ressaltou Nobre.

A comerciante Wendri Lisboa, proprietária de um lanche nas proximidades da rodoviária, o local é um cartão postal da cidade e a revitalização, vai dar uma nova visão aos turistas que chegam à cidade.

“Eu vejo a reforma como um compromisso que o Governo tem com a sociedade e com os turistas. Hoje podemos perceber que existe um alto fluxo de pessoas na rodoviária. Além de mim, outros comerciantes também ganham com isso, pois o movimento já aumentou”, relatou Wendri.

ROMA - O nome do projeto é inspirado em um dos principais juristas da historia: Eneo Domitus Ulpianos, romano de grande influência para o mundo do direito e todo o seu desenvolvimento. Ele defendia a ideia de viver honestamente, não ofender ninguém, e dar a cada um, o que lhe pertence. Nesse contexto, os reeducandos vão ter remissão de pena a cada serviço prestado em prol da sociedade.

Última modificação em 29/11/2017

Share this article

Entre para postar comentários

Quem somos

A FM 107,9 Mhz, Rádio Monte Roraima é uma emissora ao serviço da evangelização, cidadania e educação da sociedade roraimense. No ar desde 2002, a Monte Roraima conquista a cada dia a simpatia e a confiança do povo de Roraima.

Atendimento

Rua Floriano Peixoto 402 Centro
Boa Vista/RR - CEP 69.301-320
Telefone: (+55) 95 3624 4064
Email: fmmonteroraima@gmail.com